Saltar para o conteúdo principal
Breadcrumbs

Atlantic Interactions propose the creation of the AIR Center

Tópicos

(english version available soon)

A Ilha Terceira recebeu nos dias 20 e 21 a iniciativa Atlantic Interactions, um encontro internacional com vista a estabelecer um Centro de Investigação Internacional do Atlântico nos Açores. Estiveram envolvidos no diálogo investigadores, empresários, ministros e outros representantes governamentais e instituições internacionais, para discutir o estabelecimento de uma rede Norte-Sul/Sul-Norte para a investigação no Atlântico.

O evento contou com a participação de instituições plurinacionais como a ONU e a ESA e nacionais como o Centro Nacional de Estudos Aeroespaciais francês – CNES, e da Fundação Nacional de Investigação do Luxemburgo – FNR, de países como África do Sul, Índia, China, Brasil, Cabo Verde, Espanha, Noruega e Reino Unido, de universidades como UT Austin, Massachussetts Institute of Technology ou Carnegie Mellon University, de empresas internacionais como a Airbus Safran Launchers, a OHB e a DEIMOS, e nacionais como a EDISOFT e a GMV, entre outras. Nos diversos encontros, foram discutidos temas como o espaço, o oceano, a gestão de dados, as fontes de energia renováveis, as alterações climáticas e a cultura científica, bem como o impacto que a investigação poderá ter para promover a qualidade de vida das pessoas e o foco que deverá ser dado ao combate à desigualdade de género.

As conclusões do encontro recomendam ao Governo Regional dos Açores e à FCT o estabelecimento de um grupo de trabalho para a constituição em 2018 do Atlantic International Research Center – AIR Center, um centro de investigação internacional que terá como principal missão conectar as instituições de investigação à volta do Atlântico. O centro terá como membros as nações atlânticas, e promoverá a investigação interdisciplinar.

Veja as conclusões do encontro.