Saltar para o conteúdo principal
Breadcrumbs

Hasok Chang recebe Prémio Internacional Fernando Gil em Filosofia da Ciência

Tópicos

O Prémio Internacional Fernando Gil em Filosofia da Ciência 2013 foi atribuído a Hasok Chang, pelo seu livro Is Water H2O? Evidence Realism and Pluralism. No título premiado, o autor visita a história por trás da fórmula H2O para representação da água, partindo para a sua relação com dois temas centrais da filosofia da ciência, o realismo e o pluralismo científicos.

Na edição de 2013, o júri atribuiu ainda uma menção honrosa a Mark Priestley pelo livro A Science of Operations. Machines, Logic and the Invention of Programming. A relação entre a lógica e a computação é o tema central deste título, que acompanha o período anterior à invenção do computador até ao desenvolvimento das linguagens de programação até 1970.

A cerimónia de entrega do Prémio Fernando Gil decorre no próximo dia 20 de março e terá lugar na Fundação Calouste Gulbenkian. No programa da cerimónia, o filósofo Fernando Gil será recordado numa evocação por Paulo Tunhas, e Hasok Chang recebe o galardão seguindo-se uma conferência pelo premiado sob o título “History and Philosophy of Science in the service of Scientific Pluralism”.

Na manhã do mesmo dia, realiza-se um workshop no âmbito do tema Realismo Científico em que Hasok Chang abordará o tema “Scientific Realism in the context of chemistry”. O programa  inclui sessões de Henrique Leitão e Fernando Barriga, em intervenções moderadas por vários membros do júri do Prémio Fernando Gil. As inscrições estão abertas até 12 de março.

Ainda no âmbito da atribuição deste prémio, a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa recebe Hasok Chang para a conferência “Bringing History and Philosophy of Science Back Together“, no dia 21 de março.

O Prémio Internacional Fernando Gil em Filosofia da Ciência é uma iniciativa conjunta do Governo português, representado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), e da Fundação Calouste Gulbenkian. Criado em homenagem ao trabalho e memória do filósofo Fernando Gil, este prémio foi atribuído pela primeira vez em 2010, realizando-se este ano a sua terceira edição. O prémio pretende distinguir um trabalho de qualidade excepcional no domínio da Filosofia da Ciência, considerando problemas epistemológicos gerais e problemas relativos a áreas científicas específicas.