Saltar para o conteúdo principal
Breadcrumbs

Fórum Ibero-Americano de Alto Nível sobre Ciência e Tecnologia decorreu na Argentina

Tópicos
Foto de grupo no Fórum Ibero-Americano de Alto Nível de Ciência e Tecnologia

Na Semana Internacional da Ciência e Tecnologia, a Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, Ciência e Cultura (OEI) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação da Argentina realizaram o Fórum Ibero-Americano de Alto Nível de Ciência e Tecnologia. A representação portuguesa foi assegurada pela Vogal do Conselho Diretivo da FCT, Amélia Polónia, que participou em representação da Senhora Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), Elvira Fortunato.

Participaram neste encontro, que decorreu em 18 e 19 de outubro, ministros e altas autoridades de 20 países, organizações como a UNESCO, a CPLP e a União Africana, agências de investigação públicas e privadas e universidades de diferentes países da região, com o objetivo de debater orientações a tomar no âmbito da cooperação científica na Ibero-América.

Prof. AméliaNa sua intervenção no debate sobre a temática “o papel da internacionalização e da diplomacia científica”, Amélia Polónia debruçou-se sobre o caso português através de exemplos concretos de promoção e utilização de ferramentas da diplomacia científica nas relações de cooperação multilaterais. Foram especificamente focadas as relações de Portugal com a América Latina e a África, com particular ênfase no universo da Lusofonia.

O Fórum focou-se no papel da ciência nos diferentes países, em especial após a pandemia de Covid-19, e a pertinência da cooperação científica Ibero-Americana. A identificação de ações de cooperação científica a adotar para aumentar as capacidades e os resultados dos sistemas de I&D&I (investigação, desenvolvimento e inovação) dos países envolvidos fizeram também parte do debate e reflexão entre os ministros ibero-americanos responsáveis pelas políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI).